Dicas importantes para evitar atrasos e demais problemas nas entregas

Uma das etapas mais importantes da logística é a entrega das mercadorias dentro do prazo correto e sem danos. Mas como fazer isso acontecer de forma eficiente e segura com tantos gargalos na infraestrutura e problemas de segurança nas estradas e cidades brasileiras?

Cyro Buonavoglia, presidente da Buonny Projetos de Riscos e Serviços Securitários, gerenciadora de riscos em transporte de cargas, dá orientações fundamentais para empresas que prezam pela qualidade das entregas de seus produtos. Confira:

1. Evite a falta de controle do tempo de retenção dos veículos: para evitar que eles fiquem tempo a mais do que o previsto em postos fiscais, por exemplo, tenha um rastreamento eficiente, pois fica muito mais fácil controlar a duração das paradas, além de agilizar os demais processos;

2. Não perca o prazo das entregas: para evitar atrasos nas entregas, nada melhor do que saber onde exatamente estão, por meio de rastreamento. Isso porque é possível analisar se o motorista está desviando da rota, se teve algum problema mecânico e, assim, alertar o gestor das frotas para que tenha uma rápida tomada de decisões;

3. Trace melhor as rotas: um roteirizador é capaz de traçar caminhos das entregas de forma eficiente, pois assim é possível reduzir gastos com combustível e manutenção, bem como as horas perdidas nas estradas ou mesmo nas cidades;

4. Cuidado com divergências e mercadorias erradas: é importante treinar os colaboradores para que eles entendam a importância de separar produtos corretamente no estoque e nas entregas. Além disso, a falta de integração entre os sistemas pode gerar erros e retrabalho. Por isso é importante ficar atento a isso;

5. Comunicação entre frota e central: se o gestor de frotas não enxergar dificuldades durante as operações, reduzirá o nível de qualidade da entrega, que gera cliente insatisfeito e queda na produtividade. Dessa forma, a comunicação pode ser feita via telefone celular ou mesmo por sistema de gestão de entregas, que acompanham, em tempo real, as atividades da frota, localizam veículos e acompanham tempo de entrega.

Fonte: JRS Comunicação